BLOG DO EDWARDS

Destaque

Por que a super idade precisa viajar mais?

“Super idade” é o termo que usamos aqui na Edwards Tur para todas as pessoas que já passaram dos famosos sessentinha. Acreditamos que não existe melhor nomenclatura para essa idade, já que ao chegar aos sessenta anos a pessoa já viveu muitas coisas bonitas, adquiriu muitas experiências positivas e aprendeu muita coisa com a vida. 

Trazendo uma bagagem de experiências, quando chegam nessa idade são poucos os que querem realmente “parar”, mesmo se afastando do emprego que tiveram a vida toda ou de alguma obrigação, ainda sim, é um público que segue na ativa atrás de novas vivências.

 

 

Falar de experiência é falar de viagem!

Nada pode proporcionar mais experiência do que uma boa viagem. Ou seja, para a super idade que ainda está na ativa e querendo curtir a vida, o ideal são viagens de pelo menos uns 4 dias. Durante esse tempo o contato com outros tipos de públicos, com músicas diferentes, culinárias locais e até com a natureza pode trazer muitas experiências e boas sensações.

 

Os viajantes são saudáveis

A gente sabe que chegar aos sessenta é começar a aparecer um probleminha de saúde ali e outro aqui, mas isso é perfeitamente normal e até compreensível já que, como mencionamos, ao chegar nessa idade muita coisa já aconteceu - principalmente com a nossa saúde. Mas a boa notícia é que uma viagem pode revigorar questões de saúde! Viajar melhora até a sua função cardíaca. Isso acontece porque o sedentarismo é um dos maiores responsáveis pelos problemas cardíacos atualmente. As pessoas que estão sempre viajando, são menos sedentárias e consequentemente mantém a saúde do coração intacta! 

Atenção: Isso não significa que se você já tiver problemas cardíacos não precisa cuidar durante a viagem, precisa e deve. O ideal é consultar sempre um médico antes de qualquer viagem para ter certeza dos cuidados que devem ser tomados durante o passeio.  


Xô, solidão!

Infelizmente chegar aos sessenta para alguns é se sentir sozinho ou muitas vezes desenvolver sintomas depressivos. Segundo especialistas é muito comum isso acontecer e pode ter um motivo ou não. Aquela sensação de ter todo mundo ao redor e mesmo assim se sentir sozinho é muito difícil de lidar, mas até nisso uma boa viagem pode ajudar. Viajar aumenta a auto estima e faz com que a gente produza os chamados “hormônios da felicidade”. Além disso, durante a viagem é possível conhecer pessoas diferentes e entender novas formas de ver a vida - isso também ajuda nesse esforço de se livrar do sentimento de solidão.
Vamos combinar que ninguém merece estar sempre triste nessa fase tão especial da vida!

 

 

A Edwards Tur, entendendo a importância de valorizar as pessoas que chegam nessa etapa de suas vidas, dá descontos especiais e facilidades de pagamento para a super idade viajar cada vez mais! Se você é parte da super idade entre em contato com a Edwards hoje mesmo.